Em audiência pública realizada na quarta-feira (2), no Senado Federal, o superintendente de Usos Múltiplos e Eventos Críticos da Agência Nacional de Águas (ANA) Joaquim Gondim falou sobre a Lei das Águas e sobre como a variabilidade nos regimes hidrológicos interferem nas vazões dos rios e sobre os impactos advindos dessa manifestação natural. A audiência pública foi promovida a convite do senador Antônio Carlos Valadares, presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado, com o objetivo de se debater a redução da vazão do rio São Francisco, entre outros pontos.

A ANA autorizou a manutenção da redução temporária da descarga mínima defluente dos reservatórios de Sobradinho e Xingó, no rio São Francisco, de 1.300 m3/s para 1.100 m3/s até o dia 30 de abril próximo. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União de 27 de março passado e levou em consideração a importância dos reservatórios de Sobradinho, Itaparica (Luiz Gonzaga), Apolônio Sales (Moxotó), Complexo Paulo Afonso e Xingó para a produção de energia do Sistema Nordeste e para o atendimento dos usos múltiplos da bacia hidrográfica. A medida da Agência também foi motivada pelo menor volume de chuvas na região nos últimos anos que tem resultado em baixos níveis do rio São Francisco. O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBH-SF) e o Fórum Sergipano de Comitês de Bacias Hidrográficas manifestaram preocupação com a situação local.

Diante da preocupação com o baixo volume atual do rio São Francisco e da proximidade do final do período chuvoso, que termina em abril, o superintendente da ANA manifestou a importância da intervenção humana visando a regularização das águas e seus usos múltiplos face aos eventos climáticos que vêm ocorrendo com maior frequência e intensidade e alteram, por exemplo, o regime de chuvas da região. Segundo Gondim, a atuação das instituições e dos colegiados ligados aos recursos hídricos permite a tomada de decisão de forma equacionada, visando garantir o preconizado na Lei nº 9.433/97, que garante a prioridade para o abastecimento humano e para a dessedentação de animais em situações de escassez. "Se nós usássemos a água de uma maneira continuada, de uma maneira constante, teríamos que usar água somente pensando na quantidade que estaria disponível nos períodos secos, porque essa que era a [água] garantida", explicou o Superintendente da ANA.

Além do representante da ANA e do presidente da CDR, estiveram presentes representantes da Chesf, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBH-SF), da Companhia e Desenvolvimento dos Vales do São Francisco (Codevasf) e do Fórum Sergipano de Comitês de Bacias Hidrográficas.


Fonte: ANA

A paróquia Nossa Senhora do Rosário elaborou uma programação especial para você e sua família que vão participar das celebrações da Semana Santa, entre os dias 13 e 20 de abril. A semana será marcada por missas, procissões, Via-Sacra e momentos de espiritualidade.

Confira na íntegra programação para a Semana Santa na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário:

09/04 – QUARTA-FEIRA
19h30
Confissão Comunitária com Jovens
13/04 - DOMINGO DE RAMOS
07h
Bênção dos Ramos / Santa Missa
10h
Celebração com as crianças
19h30
Bênção de Ramos / Procissão (saindo próximo à Quadra de Esportes – Av. Beira Lago) / Celebração da Santa Missa (na Praça da Matriz)
14/04- SEGUNDA FEIRA SANTA
19h30
Confissão Comunitária com mulheres
15/04- TERÇA FEIRA SANTA
19h30
Recitação do Terço com meditação dos Mistérios Dolorosos
16/04 - QUARTA FEIRA SANTA
19h30
Confissão Comunitária com homens
17/03 - QUINTA FEIRA SANTA
(Início do Tríduo Pascal)
19h30
Santa Ceia do Senhor / Cerimônia do lava-pés / Adoração do Santíssimo (no Centro Social)
18/04 – SEXTA FEIRA SANTA
06h
Via Sacra (saindo da Igreja Matriz com destino ao Cemitério local)
15:00h
Reza do Terço da Misericórdia (Rádio Comunitária Zabelê FM)
19h
Celebração da Paixão do Senhor
Procissão das 7 dores de Nossa Senhora
19/04 - SÁBADO SANTO
(Solene vigília da Ressurreição do Senhor)
20h
Benção do Fogo Novo
Procissão da Luz
Proclamação Solene da Páscoa do Senhor
Benção da Água
Renovação das Promessas do Batismo
Celebração Eucarística
20/04 - DOMINGO DE PÁSCOA
(Ressurreição do Senhor)
10h
Missa Solene da Páscoa (com as crianças) / Batizados
19h30
Missa Solene da Páscoa (com toda comunidade (Praça da Matriz))


PROGRAMAÇÃO PARA ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO

QUINTA-FEIRA SANTA

CENTRO SOCIAL

21:00h às 22:00h

Legião de Maria / Rosário Permanente / Vicentinos / Carismáticos / Pastoral Carcerária / Ornamentação / Coral Santa Cecília

22:00h às 23:00h

Agentes do Dízimo / Pastoral do Batismo / Ministros da Eucaristia / Pastoral da Criança / Centros Comunitários

23:00h às 00:00h

Grupos Casais com Cristo – ECC / Coral da Família

OFÍCIO DIVINO DA PAIXÃO DO SENHOR

SEXTA-FEIRA SANTA

CAPELA DA CRECHE SÃO JOSÉ

09:00h às 10:00h

Grupo de Idosos / Pastoral da Pessoa Idosa

10:00h às 11:00h

Pastoral Catequética (Catequistas e Catequisandos) /  Jovens / Recepcionistas / Acólitos / Coral Ir. Joana / Coral Revivendo em Cristo / Coral Unidos pela Fé

11:00h às 12:00h

AA / Grupos Terço dos Homens (1 e 2)

Toda comunidade é convidada a participar.
Nos dias 02 e 03 de abril de 2014, os/as catequistas de nossa paróquia se reuniram no Centro Social para um encontro de formação tendo também representantes das comunidades de Malhadinha, Novo Marcos e Nova Canaã, onde foram trabalhados os temas: catequese e liturgia, catequese e família, viver em comunidade, como planejar um encontro e oficina de brinquedos.

Foi um encontro bem animado e participativo, onde tivemos a animação do coral Revivendo em Cristo.

 



Fotos/texto: Equipe de Catequese

“Ser coroinha é estar a serviço: a serviço do altar e do próximo. Servir ao altar não é apenas ajudar o padre, transportar os objetos litúrgicos ou executar as funções que lhe são próprias. Servir ao altar é muito mais: é participar do Mistério Pascal de Cristo, ou seja, da “Paixão-Morte-Ressurreição de Cristo”. Servir ao altar é estar aos pés da cruz, é contemplar a Cristo ressuscitado com os olhos da fé e viver alegremente o evangelho. Estar a serviço do próximo é estar pronto para a doação e a entrega, é ser amparo e consolo para os que necessitam, é saber amar e viver a caridade. A vida de Cristo foi dedicada a servir o próximo. Da mesma forma, “o coroinha é chamado a servir como Cristo.”

No último sábado, 22/03, o grupo de coroinhas da matriz esteve presente na comunidade de vila Santana para, juntamente como o grupo de coroinhas que lá atua, realizar uma tarde de oração e estudo sobre a Campanha da Fraternidade 2014, que traz como tema “Fraternidade e Tráfico Humano” e lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou (Gl. 5,1).  A oportunidade também foi propícia para fortalecer os compromissos e responsabilidades que devem ser assumidos pelos coroinhas.

Durante o encontro, ocorreu um debate sobre a triste realidade do tráfico de crianças para fins de adoção. Há relatos de pessoas sugerindo que esta realidade se mostra presente inclusive na cidade de Remanso. Os presentes no evento destacaram, por outro lado, a alegria com as adoções que são feitas por amor, em que as famílias que adotam tratam com dignidade os adotados e seus familiares.

Ao final do encontro, os participantes observaram que servir na liturgia é sem dúvida servir ao nosso próprio Deus, que deve merecer todo o nosso respeito e consideração. Os objetos litúrgicos usados durante a celebração da Santa Missa não são apenas coisas concretas, mas sim sinais. Por isso, transmitem mensagem, não só pela presença deles, mas pelo modo como são utilizados ou conservados. A beleza da patena, do cálice e ambulas, o formato e o acabamento das velas, as flores naturais são a conservação do memorial da Páscoa de Cristo.


Que nunca esqueçamos que o bom coroinha é aquele consciente de sua dignidade e responsabilidade. Certamente, Jesus apreciará sua dedicação ao reino de Deus. 




Fotos/Texto: Michel Campinho
Dia 19 de março de 2014 pe. Benedito celebrou Missa nas comunidades de Cacimba Nova e Pedra da Onça, que tem como padroeiro São José.

Na solenidade de São José, servo fiel e prudente, a comunidade de Cacimba Nova se reúne na Igreja São José, com procissão e derrubada da bandeira.

 


Já na comunidade da Pedra da Onça os fiéis se reúnem na residência de D. Angelita, animadora da comunidade, para juntos louvar ao nosso querido São José, patrono da Igreja e protetor das famílias.





Fotos/Texto: Michel (Pascom-Remanso)
“A missão do Terço dos Homens é resgatar para o seio da Igreja de Cristo, homens de todas as idades, pois a presença masculina na Igreja é imprescindível para a formação da família e de uma sociedade cristã”.

A oração do terço certamente nos aproxima da misericórdia de Deus, pois cada mistério da vida de Jesus é meditado e assumido pelo devoto de Nossa Senhora. Aliás, é sempre bom rezar com Maria, mãe de Jesus e nossa.

Em Remanso, existem dois grupos de oração Terço dos Homens: um cujos encontros acontecem na primeira e última segunda-feira de cada mês no Centro Social às 19:30 min e o outro no centro Madre Cabrini, cujos encontros ocorrem todas as quartas-feiras às 19:30 min.

No último domingo, 16/03, ambos os grupos estiveram presentes na localidade da Malhadinha para prestigiarem, juntamente com seus co-irmãos que lá vivem, a comemoração dos cinco anos de existência do grupo Terço dos Homens no povoado. Na oportunidade, esteve também presente nosso pároco Pe. José Benedito.

Ademias, o grupo Terço dos Homens coordenado por Róbson Palmeira e irmãos visitou o povoado Pedra da Onça na terça-feira 18/03 durante os festejos a São José, padroeiro da localidade. O grupo relata que se sentiu muito feliz por ter compartilhado este momento de muita graça e luz com os moradores da localidade, em que o tema e lema da Campanha da Fraternidade foram aprofundados, o que garante uma melhor vivencia do tempo quaresmal.

  
blogger

PROGRAMA RITMO PASTORAL - Rádio Comunitária Zabelê FM - 87.9 - Das 18:15 às 19h