PADRE BENEDITO CELEBRA MISSA DE ENCERRAMENTO DO TRÍDUO A IRMÃ DULCE NO BAIRRO BNH

11:11 - Não comentado



O Tríduo em honra a padroeira da comunidade BNH, Irmã Dulce, teve encerramento neste sábado, 25/08, com a celebração da Santa Missa presidida pelo nosso Pároco Padre José Benedito às 19h30m. Em clima de despedida, os paroquianos daquela comunidade refletiram, durante os três dias do Tríduo, sobre a vida de Irmã Dulce, a Bem-Aventura Dulce dos pobres, como assim, também, é conhecida.

Em sua homilia, Pe. Benedito falou ao fies que tudo na vida é uma questão de opção, de seguir Jesus ou não, e Irmã Dulce fez esta opção clara por Jesus e pelo seu Reino. Irmã Dulce era da Congregação das Irmãs da Imaculada Conceição da Mãe de Deus e viveu bem na congregação, mas, em um determinado momento ela sentiu que o Senhor a chamava a uma prática muito mais contundente da fé, chegando até a entrar em conflito com a própria congregação e até mesmo com a visão da Igreja na época e faz a obra que nós tivemos a alegria de fazer memória nesses três dias. Ser cristão é, então, ser alguém que de fato faz uma opção clara por Jesus, pelos valores do evangelho e Irmã Dulce é exemplo para todos nós, uma vez que dedicou a sua vida a Deus servindo aos que sofrem e testemunhando o valor da vida dos que não tem a própria dignidade e direitos reconhecidos. Irmã Dulce é modelo de caridade, de serviço aos pobres, dos desamparados e dos doentes, vendo neles o rosto sofredor de Jesus, entendendo assim, que optar por eles é optar pelo Reino do Pai.

Vista por muitos como “assistencialista” Irmã Dulce rompe todas as adversidades e funda diversas obras sociais, dentre elas o Hospital Santo Antônio, e já que estamos vivendo a temática da saúde, tema da Campanha da Fraternidade deste ano, com todos os seus desafios, imaginemos esses desafios a 30 anos atrás, para vermos a situação como era e Irmã Dulce, imbuída do evangelho, faz a opção pelos desvalidos, que até hoje são muitos.

Motivada por uma vida intensa de oração, Irmã Dulce nos deixa grandes lições de vida como a caridade, a humildade, a solidariedade e o serviço. Não basta só entender, fazer bons discursos, é preciso viver o Evangelho, colocar em prática no dia-a-dia, e Irmã Dulce nos desafia a isso, que a nossa fé tem que se traduzir em gestos de bondade e de acolhimento, finaliza o pároco.

Referindo-se a construção do Centro Comunitário, dedicado à Irmã Dulce, o pároco informou ser um desejo antigo da comunidade em ter um espaço que servisse, não só para a catequese, para a realização da Santa Missa, mas a toda comunidade, a exemplo de outros centros da paróquia e que com muito esforço e ajuda da própria comunidade católica remansense, através das doações de cimento e dos mutirões comunitário, a obra está sendo construída, com a proteção e bênção de Irmã Dulce. Padre Benedito finalizou agradecendo a todos.

Grupo de Canto: "Coral da Família"
Crianças da comunidade coreografando o Hino de Irmã Dulce
Momento do Ofertório: Saco de cimento em forma de agradecimento pelas doações;
água representando a vida; flores representando a alegria da comunidade e
vela - luz para nossa vida.

Paroquianos e devotos de Irmã Dulce
Equipe represando todos os paroquianos que participaram do mutirão comunitário
Externa do primeiro módulo
Interna da primeira sala do primeiro módulo

Interna da segunda sala do primeiro módulo

  • Compartilhe este post:

Administração

Pastoral da Comunicação - Paróquia Nossa Senhora do Rosário, Remanso/BA - Diocese de Juazeiro/BA

Recent Posts

0 comentários:

ATENÇÃO:

Deixe aqui seu comentário. Fique à vontade para opinar ou somente dizer o que achou do artigo!

Proibido deixar dados pessoais como Email, MSN, Telefone, Endereço, etc.
Por favor não use palavras agressivas.
Não faça Spam.

Boletim informativo

Cadastre-se agora para receber as últimas notícias de nosso site!

Powered by Blogger.
back to top