CRISTÃOS DO MUNDO INTEIRO CELEBRARAM NESTA SEMANA SANTA A PAIXÃO, MORTE E RESSURREIÇÃO DE JESUS CRISTO

17:30 - Não comentado



Na quinta-feira, dia que marca o fim da Quaresma e início do Tríduo Pascal, a Igreja relembra a importância de três grandes instituições: o sacerdócio, a Eucaristia e o lava-pés. No que se refere a primeira, duas missões são colocadas à vocação dos padres: aproximar-se cada vez mais dos pobres e animar com vibração e sinceridade os leigos e leigas na caminhada da Igreja peregrina. Na missa crismal lá do Vaticano, o Papa Francisco exortou os padres a assumirem o seu pastoreio junto aos pobres, presos, doentes e abandonados, pedindo a eles que não tenham medo de “sentir o cheiro das ovelhas” e de estar no “meio de seu rebanho”.

Porém, o cristianismo que vive o Terceiro Milênio é marcado pelo protagonismo dos leigos e leigas. Por isso, os sacerdotes precisam animá-los e ajudá-los a cultivarem uma espiritualidade comprometida com a prática do amor que se põe a serviço. Aliás, o Pe. Benedito lembrou a toda comunidade presente na missa de quinta-feira que a essência do cristianismo é o amor e o serviço. Não se diz cristão verdadeiro aquele que só se preocupa com a própria salvação e não se compromete em transformar o mundo segundo os valores de justiça e paz do Reino de Deus anunciado por Jesus Cristo. O encontro com Jesus na Eucaristia precisa motivar o cristão a se colocar a serviço do próximo, repetindo o gesto do Mestre que lavou os pés de seus discípulos para ensinar que toda autoridade só é válida se for traduzida em atitudes que caridade.

Se a morte de Jesus na cruz indica a princípio o fracasso da missão histórico-salvífica de Deus, a realidade de sua Ressurreição é a certeza de que os cristãos precisam se comprometer em prolongar esta missão na história, deixando-se conduzir pela ação do poder do Espírito Santo.

A adoração de Cristo morto na cruz nos tira da alienação de se acreditar que toda transformação é isenta de luta. Ademais, Cristo morto na cruz nos desafia a questionar quais são as estruturas de morte que são capazes, inclusive, de assassinar o Filho amado de Deus. Por que Jesus morreu na cruz? Em que medida a morte de Cristo na cruz é redentora e libertadora?

Cristão é todo aquele que fez a experiência de fé de reconhecer em Jesus o Filho de Deus, cuja missão foi anunciar a Boa-Nova do Reino. O Reino de Deus não é uma ideia, mas sim uma realidade que se constrói no comprometimento com o amor, a justiça, a paz, a fraternidade e a solidariedade. O Reino se faz presente nos lugares em que predominam estes valores. Quando endurecemos nossos corações e nos fechamos aos valores do Reino, criamos as condições de eliminar Deus de nossas vidas.

Ao contemplarmos Cristo morto na cruz nos solidarizamos com todos aqueles que ainda no mundo de hoje são crucificados vítimas da ganância de poucos, que não medem esforços para transformar as pessoas em meras mercadorias negociadas no mercado da indiferença e do consumismo exacerbado, gerador de lucros abusivos para uma parcela mínima da população mundial.

Mas o cristão é também aquele que vive na esperança e busca ver sinais de vida em lugares que parecem totalmente mergulhados no pecado. Os cristãos na verdade seguem um Jesus que ressuscitou porque não temeu em carregar a sua cruz, ensinando-nos a fazermos o mesmo. A nossa libertação e salvação é redentora quando ocorrem na luta por um mundo justo e fraterno. E é a esperança na ressurreição em Jesus Cristo nosso Senhor a motivação para buscarmos no cotidiano da nossa vida a concretização do Reino já aqui neste mundo.    

  • Compartilhe este post:

Administração

Pastoral da Comunicação - Paróquia Nossa Senhora do Rosário, Remanso/BA - Diocese de Juazeiro/BA

Recent Posts

0 comentários:

ATENÇÃO:

Deixe aqui seu comentário. Fique à vontade para opinar ou somente dizer o que achou do artigo!

Proibido deixar dados pessoais como Email, MSN, Telefone, Endereço, etc.
Por favor não use palavras agressivas.
Não faça Spam.

Boletim informativo

Cadastre-se agora para receber as últimas notícias de nosso site!

Powered by Blogger.
back to top