ESTUDANTES DE REMANSO PARTICIPAM DE SEMINÁRIO SOBRE COMUNICAÇÃO

13:41 - Não comentado


Na última sexta-feira, 09/05, aconteceu no auditório do curso de Agronomia da Uneb de Juazeiro/BA o seminário de encerramento do projeto "ABC da Mídia: Educomunicação em Foco" realizado pelo Fórum de Comunicação Sertão do Francisco com o apoio da Cese (Coordenadoria Ecumênica de Serviço) e da própria Uneb.

Remanso foi um dos municípios contemplados com o projeto. Cinco jovens estudantes do Colégio Municipal Ruy Barbosa da nossa cidade participaram do evento, avaliando como positivo este momento de troca de experiência e aprofundamento da importância de se trabalhar a comunicação nas escolas.

Após a abertura do encontro, foi apresentada uma peça de teatro de fantoches com o objetivo de sensibilizar os participantes do seminário a respeito do direito humano à comunicação e também o uso dela como meio de fortalecer a cultura regional. Em seguida, a coordenadora do programa "Mais Educação" de Juazeiro, Batuyra Souza, fez uma explanação do programa, ressaltando a importância dele para a inserção do estudante no processo eniso-aprendizagem, bem como para sua formação cidadã. Destacou também a necessidade de se envolver toda a comunidade escolar no programa, pois só assim ele produzirá os resultados esperados.

Já Paulo Victor Melo - jornalista e integrante do Intervozes - falou sobre como a grande mídia brasileira oligopolizada influência na maneira de pensar e agir das pessoas, incutindo nelas valores que muitas vezes as afasta da cultura de sua região. Lembrou também que tudo aquilo que é veiculado nos meios de comunicação é motivado por interesses tantas vezes desvinculados das necessidades do povo. A mídia tem o poder de construir, destruir e reinventar imagens. "A comunicação é um dos principais espaços de formação de mentalidades, pois é através dela que as pessoas se informam e formam muito do seu repertório cultural, de seu estoque de memória; cria em boa medida sua concepção de mundo, forma seus valores, suas opiniões e moldam seus comportamentos", lembrou Paulo Victor.

Por isso, a urgência de um projeto como o ABC da Mídia, uma vez que, a escola é o espaço onde se localiza boa parte do público que mantém cotidianamente contato com os meios de comunicação. Estas crianças e adolescentes ainda estão em processo de formação não só física, mas também psicológica. "Então discutir comunicação no ambiente escolar é uma necessidade do mundo contemporâneo, porque quando a criança chega na escola ela já chega com o repertório cultural que foi formado em grande media pela mídia e muitas vezes os professores nem conseguem acompanhar esta evolução da criança e do jovem. Inclusive nem conseguem trabalhar com estas ferramentas de comunicação [que os jovens utilizam no seu dia-a-dia]", sugeriu o jornalista do Intervozes.

A luta pela democratização da mídia brasileira passa pelo processo de conscientização da população a respeito da comunicação como direito humano. É preciso conscientizar as pessoas que a comunicação, assim como a educação, a saúde, a segurança, a moradia, é direito de todos. "Ao mesmo tempo em que a comunicação é um direito, ela também é poder", afirma Paulo Victor. No Brasil, este poder (da fala e da veiculação de informação), ao longo de sua história, foi sendo concentrada, isto é, privatizado nas mãos de poucos grupos. "O grande salto que a gente precisa dá na sociedade brasileira para que a gente tenha um outro sistema de comunicação é: o povo brasileiro precisa entender a comunicação com direito", destaca Melo. E a escola é um espaço privilegiado de debate sobre a comunicação como direito inerente ao ser humano.

Os meios de comunicação no Brasil precisam divulgar a diversidade e pluralidade da sociedade brasileira e não massificar um tipo de cultura que desconsidera a especificidade cultural de cada região. Mas para que isso aconteça, a comunicação precisa estar na "cesta básica" do povo brasileiro. Ele tem que entender que não basta apenas consumir informação, mas também produzir e difundir a sua própria informação. É urgente, portanto, intensificar a campanha pela democratização dos meios de comunicação do Brasil.

A parte da tarde foi dedicada à apresentação dos resultados das oficinas realizadas em Juazeiro, Remanso, Sobradinho, Curaçá e Campo Alegre de Lourdes. Na ocasião, os estudantes puderam expor suas impressões sobre o projeto. Ficou evidente a receptividade por parte deles e a alegria que eles tiveram em participar do ABC da Mídia.

  • Compartilhe este post:

Administração

Pastoral da Comunicação - Paróquia Nossa Senhora do Rosário, Remanso/BA - Diocese de Juazeiro/BA

Recent Posts

0 comentários:

ATENÇÃO:

Deixe aqui seu comentário. Fique à vontade para opinar ou somente dizer o que achou do artigo!

Proibido deixar dados pessoais como Email, MSN, Telefone, Endereço, etc.
Por favor não use palavras agressivas.
Não faça Spam.

Boletim informativo

Cadastre-se agora para receber as últimas notícias de nosso site!

Powered by Blogger.
back to top