STR COMEMORA O DIA NACIONAL DO TRABALHADOR RURAL

11:41 - Não comentado


Nesta sexta-feira, 25/07, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Remanso comemorou o Dia Nacional do Trabalhador Rural com uma caminhada pela avenida principal da cidade, a promoção de um seminário no Centro Social e um torneio de futebol realizado no estádio Walter Ribeiro e nos campos circunvizinhos. O dia de festa encerrou-se com um show de forró com Nilton Freitas e banda no Clube Operário.

Os trabalhadores rurais começaram a se concentrar às 08:00 da manhã na sede do STR de onde saíram em passeata pela Avenida Eunápio Peltier de Queiroz em direção ao Centro Social. Ali, foram recepcionados pela atual presidenta do STR, Beronice Ferreira. Após as saudações e agradecimentos, teve início o seminário que tratou de vários temas, em especial, a certificação das comunidades de Fundo de Pasto. Para falar desta importante conquista, a direção do STR convidou Domingos Rocha agente da CPT (Comissão Pastoral da Terra) de Juazeiro.

O Fundo de Pasto é uma área de terra da caatinga cultivada pela comunidade rural, que cria ali animais silvestres e plantas nativas, melhorando sua convivência com o semiárido e gerando renda para as famílias. É sempre bom destacar o papel da Igreja Católica na luta pela organização dos agricultores e agricultoras nos Fundos de Pasto, através das Comunidades Eclesiásticas de Base (CEB’s), já na década de 1960. Superando desafios, conflitos e assassinatos, os vários movimentos sociais, os sindicatos de trabalhadores rurais e as entidades parceiras, vêm pressionando o Governo Estadual para que ele reconheça os Fundos e Fechos de Pasto como terras tradicionais, quilombolas e indígenas.

Esta luta já colheu seus primeiros frutos. Em 2013 foi criada a lei nº 12.910, que trata da regularização fundiária de terras públicas estaduais, rurais e devolutas, ocupadas tradicionalmente por Comunidades Remanescentes de Quilombos e por Fundos e Fechos de Pasto.

Dando continuidade aos trabalhos, Cícero Félix, coordenador do IRPAA (Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada) falou do programa Brasil Sem Miséria e a importância dele no desenvolvimento sustentável do semiárido. Destacou que o Brasil Sem Miséria é um programa composto por vários outros programas e projetos, dentre eles a Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) para a convivência com o semiárido, que visa o fortalecimento da agricultura familiar. Na região, a entidade responsável pela execução do projeto é o IRPAA, que está acompanhado 5.300 famílias nos municípios de Remanso, Pilão Arcado, Campo Alegre de Lourdes e Sento Sé. As ações do ATER estão fundamentadas na necessidade de assessoria técnica tendo em vista as realidades das famílias camponesas do semiárido.

O SASOP (Serviço de Assessoria a Organizações Populares Rurais) é uma ONG que desenvolve atividades junto a agricultores/agricultoras e pescadores/pescadoras artesanais, visando a melhora na qualidade de vida no campo a partir do fortalecimento do movimento agroecológico. Esta entidade foi representada no seminário organizado pelo STR por Márcia Muniz, coordenadora da ONG, que apresentou o vídeo: “Coragem é um dom”, documentário produzido pela equipe de comunicação do SASOP que tem como protagonista Dona Gracinha, moradora do Sítio do Girau a 22 km da sede do município de Remanso. Com o apoio do SASOP e com “muita coragem”, Dona Gracinha mantém uma rotina diária de muitas atividades que garantem a ela e sua família uma convivência sustentável com o bioma da caatinga.

O Banco do Nordeste através do PRONAF (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) vem atendendo agricultores familiares que desenvolvem atividades agropecuárias e não agropecuárias utilizando-se, basicamente, de mão de obra familiar. O programa oferece linhas de crédito a famílias de agricultores empenhadas em potencializar suas atividades no campo. Os agricultores/agricultoras de Remanso, que já contavam com os serviços do BNE de São Raimundo Nonato – PI podem agora contar também com os serviços do BNE de Casa Nova – BA.

A prefeitura de Remanso lançou recentemente o programa Viver Melhor no Campo, que já foi responsável pela construção de 150 barreiros e 20 barragens em áreas do interior do município. Para falar do programa, o STR convidou o secretário de Obras, Serviços Públicos, Saneamento e Habitação Adriano Paes Landim. O secretário destacou a dedicação especial que o atual governo municipal está tendo com a população do campo.

Por fim, João Neto fez uma reconstituição histórica da luta pela Cisterna de Água para consumo humano. Destacou o trabalho da ASS (Articulação Sindical Rural da Região do Lago de Sobradinho) e do STR (Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Remanso) nesta importante conquista do povo nordestino que tem que conviver com prolongados períodos de estiagem.

Sobre a importância da cisterna para vida das comunidades rurais, seu Nicolau Ribeiro, agricultor aposentado do Sítio Tanque Real e poeta cordelista das coisas do semiárido, escreveu:

“Alguns tempos atrás
O povo do interior sofria
Por causa da seca
Chegava o mês de agosto
Água não tinha para beber
Mas com a ajuda de Deus
E dos governantes
Tudo pôde resolver

Tudo ficou melhor
Com a construção das cisternas
Porque junta a água da chuva
No período do inverno
É como diz o ditado
Tudo tem o tempo certo

No ano de 1994
Se não me falha a memória
Aqui no nosso município
Foi dado os primeiros passos
As duas primeiras cisternas
Foram sorteadas
Um foi pra Maravilha,
Outra pro Sítio Tanque Real
As mesmas foram adquiridas
Pela Igreja Católica e o sindicato rural

Desse tempo pra cá
As coisas ‘melhorou’
Tem cisternas construídas
Por do interior
Agradecemos a Paróquia
E o Sindicato do Trabalhador.”



A tarde houve um torneio de futebol com equipes formadas nas comunidades do interior. A final aconteceu no Estádio Municipal Walter Ribeiro e o time campeão foi o Tamburil, que disputou o título com o selecionado da comunidade de Melosa. O terceiro lugar ficou com o time do Novo Marcos, enquanto que o quarto e quinto foram, respectivamente, Pinicada e Suvela.

 


PASCOM Remanso, com texto de Marcos Paulo e fotos de Ana Paula (correspondentes PASCOM)

  • Compartilhe este post:

Administração

Pastoral da Comunicação - Paróquia Nossa Senhora do Rosário, Remanso/BA - Diocese de Juazeiro/BA

Recent Posts

0 comentários:

ATENÇÃO:

Deixe aqui seu comentário. Fique à vontade para opinar ou somente dizer o que achou do artigo!

Proibido deixar dados pessoais como Email, MSN, Telefone, Endereço, etc.
Por favor não use palavras agressivas.
Não faça Spam.

Boletim informativo

Cadastre-se agora para receber as últimas notícias de nosso site!

Powered by Blogger.
back to top