A DIGNIDADE HUMANA É SAGRADA PORQUE DEUS ASSUMIU A CONDIÇÃO HUMANA

12:34 - Não comentado


Na celebração da quarta noite do novenário de preparação para a festa de Nossa Senhora do Rosário, o subtema proposto para reflexão foi “As agressões à dignidade humana são agressões a Cristo”. O celebrante da noite, padre Josemar Mota, pároco do Santuário de Nossa Senhora das Grotas em Juazeiro Bahia, refletiu o subtema a partir da leitura do trecho do Evangelho de São Mateus (Mt. 25, 31-46), em que Jesus fala do juízo final e se identifica com os pobres, sofredores, marginalizados e excluídos da sociedade.

Todos nós fomos criados a imagem e semelhança de Deus. “Nós somos seguidores de um Deus que se tornou homem, tornou-se gente. Jesus Cristo é Deus conosco, um Deus humano”, afirma pe. Josemar em entrevista concedida a Pascom. Contemplando o mistério da encarnação, Deus, na pessoa de Jesus, assumiu a condição humana, partilhando as alegrias e o sofrimento humano, sacralizando, assim, a dignidade da pessoa humana.

Em sua missão na Terra, Jesus anunciou o Reino de Deus, resgatando com suas palavras aqueles que são marginalizados e excluídos. As atitudes e gestos de Jesus sempre foram marcados pela inclusão, lembrou pe. Josemar durante sua pregação. Recordou ainda que Jesus identificou-se com os sofredores, pobres, abandonados e excluídos da sociedade. Por isso, no dia do juízo final cada um de nós será julgado a partir da nossa prática de justiça em favor da libertação dos pobres e oprimidos, resgatando neles a dignidade de filhos e filhas de Deus.

Recordando a mensagem profética de Dom José Rodrigues, pe. Josemar afirmou que “a Boa-Nova de Jesus ou é uma palavra de libertação ou não é o Evangelho de Cristo”. “A justiça é a palavra de Deus agindo no nosso meio” e “a justiça é o primeiro caminho para a caridade e para a solidariedade”, garantiu pe. Josemar Mota. A fé cristã significa reconhecimento e compromisso com a pessoa de Jesus Cristo. Portanto, uma fé autêntica torna-se solidariedade, caridade e justiça, porque Jesus anunciou, viveu e praticou a solidariedade, a caridade e a justiça.

Os cristãos e as cristãs são os continuadores da missão de Jesus, que é anunciar as maravilhas do Reino de Deus. A Igreja deve ser, portanto, sinal do amor de Deus no mundo. Não faz sentido uma fé que somente fica no louvor. A nossa fé deve ser uma fé que “nos faz encontrar Cristo no louvor e na ação solidária para com os nossos irmãos que sofrem”, frisou pe. Josemar.


Esta quarta noite foi marcada também pela bonita homenagem que as crianças da catequese, juntamente com as catequistas de nossa paróquia, fizeram a nossa inesquecível Irª Joana Margarida. Segundo pe. Josemar Mota, “a irmã Joana foi daquelas pessoas que encontrou neste mundo a sua real vocação e viveu esta vocação na alegria, na simplicidade, doando sua vida aos outros. Ela marcou a história da cidade de Remanso. A Irª Joana é um exemplo de cristão comprometido com o Reino de Deus. A Irª Joana foi para nós um instrumento de Deus”. 

Confira entrevista com pe. Josemar

  • Compartilhe este post:

Administração

Pastoral da Comunicação - Paróquia Nossa Senhora do Rosário, Remanso/BA - Diocese de Juazeiro/BA

Recent Posts

0 comentários:

ATENÇÃO:

Deixe aqui seu comentário. Fique à vontade para opinar ou somente dizer o que achou do artigo!

Proibido deixar dados pessoais como Email, MSN, Telefone, Endereço, etc.
Por favor não use palavras agressivas.
Não faça Spam.

Boletim informativo

Cadastre-se agora para receber as últimas notícias de nosso site!

Powered by Blogger.
back to top