CATÓLICOS DE REMANSO REALIZAM A PRIMEIRA VIA SACRA

08:38 - Não comentado


Aconteceu na última sexta-feira, 20/02, a primeira das sete Vias Sacras, que a comunidade católica de Remanso realiza, todos os anos, pelas ruas da cidade neste tempo de Quaresma. O início da caminhada que relembra a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus foi na praça da Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário.

No Brasil, a Via Sacra é também um momento oportuno para a reflexão e aprofundamento do tema da Campanha da Fraternidade, que este ano é: Fraternidade: Igreja e Sociedade. Segundo pe. Luiz Carlos Dias, secretário-executivo da CF, o objetivo da Igreja no Brasil, através da campanha, é “aprofundar a relação entre a Igreja e a sociedade no contexto atual”, pois “a sociedade, com seu dinamismo e pujança, continua a proporcionar nas pessoas alegrias e tristezas, interrogações e apreensões”. Por isso, continua pe. Luiz Carlos, “essas pessoas precisam ser conduzidas pelo processo de evangelização” e a Igreja, cuja natureza é continuar o trabalho missionário de Jesus, precisa “empenhar-se em sua missão de servir à vida, que muitas vezes vem sendo sistematicamente descartada”.

Apesar dos avanços dos últimos anos, o Brasil ainda conta com uma série de desafios que necessitam urgentemente de serem superados, como, por exemplo, a violência, as desigualdades, preconceitos e discriminações e as drogas. A superação destes problemas significará a construção de um país justo, fraterno e solidário, que é a proposta de Jesus para todos os povos da Terra.

Na décima primeira estação, quando Jesus é pregado na cruz, a comunidade presente na Via Sacra refletiu o seguinte: “a Igreja, com a mensagem do Evangelho, está na sociedade com a missão de buscar a paz diante dessa dura realidade. Para isso, ela sempre se coloca aberta a fazer parcerias com instituições e organizações sociais, unindo forças para a erradicação da violência, visando uma sociedade onde seus filhos e filhas vivam em paz”.

Estas palavras estão em sintonia com as conclusões do Concílio Vaticano II, que pediu uma Igreja mais próxima da realidade das pessoas, sobretudo daquelas que mais sofrem, visando, nas colocações de pe. Luiz Carlos, “transformá-la por meio do serviço e cuidado aos necessitados como expressão do amor de Deus a toda família humana”. Porém, essas mudanças tão necessárias e urgentes só irão ocorrer com o aprofundamento e fortalecimento das pontes que ligam os sujeitos históricos comprometidos com a construção de um mundo melhor.


Que este tempo de Quaresma contribua para fortalecer nos corações dos cristãos o compromisso com a promoção da vida e da dignidade humana. Que cada um possa de fato cantar: “quero uma Igreja solidária,/servidora e missionária,/que anuncia e saiba ouvir/ a lutar por dignidade,/ por justiça e igualdade,/pois ‘Eu vim para servir’”. 



Pascom-Remanso, com texto de Marcos Paulo e imagem recuperado do arquivo da Pascom.

  • Compartilhe este post:

Administração

Pastoral da Comunicação - Paróquia Nossa Senhora do Rosário, Remanso/BA - Diocese de Juazeiro/BA

Recent Posts

0 comentários:

ATENÇÃO:

Deixe aqui seu comentário. Fique à vontade para opinar ou somente dizer o que achou do artigo!

Proibido deixar dados pessoais como Email, MSN, Telefone, Endereço, etc.
Por favor não use palavras agressivas.
Não faça Spam.

Boletim informativo

Cadastre-se agora para receber as últimas notícias de nosso site!

Powered by Blogger.
back to top